Vereador Segalla cobra planejamento que incentive empreendimentos residenciais no Centro de Bauru

30/11/2018 - Parlamentar justifica que região já é dotada de infraestrutura e equipamentos de serviços públicos

Segalla: "Cadê a infraestrutura?", sobre novas 24 mil unidades habitacionais

  O vereador José Roberto Segalla (DEM) cobrou da administração municipal ações de planejamento urbano que estimulem a ocupação habitacional na região do Centro de Bauru.

  Na Tribuna da Sessão Legislativa da última segunda-feira (30/11), a partir de informações publicadas pela imprensa, o parlamentar afirmou que o governo tem comemorado o anúncio de novas 24 mil unidades habitacionais da cidade.

  Todas, no entanto, serão construídas em pontos afastado do Centro. “Daí, vem as perguntas: As pessoas que ali vão morar vão se deslocar de que jeito? Cadê as avenidas? Cadê a infraestrutura? Cadê a água”, questionou Segalla, ao estimar que esses projetos envolvam cerca de 80 mil pessoas.

  O vereador admitiu que essas intervenções podem vir a ser executadas pelos empreendedores, mas ponderou que o custo será embutido no valor de comercialização de casas e apartamentos.

  Para o parlamentar, a saída estaria no estímulo ao desenvolvimento de projetos residenciais para o Centro de Bauru, já dotado de infraestrutura e serviços públicos. “É o que estão fazendo todas as cidades do mundo, voltando para seus centros. Na Nuno de Assis, por exemplo, passa o interceptor de esgoto. É barato fazer a ligação de rede”, exemplificou.

  Nesse sentido, Segalla cobrou do Poder Executivo a criação do Instituto de Planejamento, que teria o papel de nortear os eixos de desenvolvimento urbano, e o estreitamento do diálogo com a Câmara Municipal.

Assista à íntegra do pronunciamento

 

VINICIUS LOUSADA

Assessoria de Imprensa