Vereador Natalino cobra regulamentação de Lei dos grandes geradores de lixo

06/06/2019 - Assessoria de Imprensa

06/06/2019 - O cumprimento da lei pode ajudar a viabilizar as atividades das cooperativas de reciclagem que atuam em Bauru e sofrem com a queda de materiais recolhidos na coleta seletiva

  O vereador Natalino da Silva (PV) cobrou da Prefeitura de Bauru a regulamentação da Lei Municipal que atribui a empresas geradoras de grandes volumes de lixo a responsabilidade sobre o gerenciamento, coleta e destinação dos resíduos. A medida pode contribuir com as cooperativas de recicláveis, que temem a inviabilidade de suas atividades em decorrência da queda de materiais recolhidos pelo serviço de coleta seletiva.

  Isso porque o texto estipula que os recicláveis dos grandes geradores sejam, obrigatoriamente, destinados a essas organizações. Atualmente, três delas operam regularmente na cidade, gerando emprego e renda a famílias de baixa renda a partir da triagem e comercialização do lixo.

  O Projeto de Lei foi aprovado na Câmara em outubro do ano passado. Sancionada a norma pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta, o prazo – não cumprido – para a regulamentação pelo Poder Executivo era de 180 dias.

  De acordo com o vereador Natalino, o processo está sob análise do COMDEMA – Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

  Ele critica o fato alguns setores tentarem inviabilizar mecanismos já aprovados pelo Poder Legislativo e referendados pelo Executivo. “Que democracia é essa?”, questionou.

  O parlamentar também cobrou mais ações para promoção de educação ambiental em Bauru.

Galerias no Jardim Ivone

  Natalino da Silva também denunciou as deficiências na manutenção nas redes de galeria, ao citar bueiros entupidos há três meses em diferentes quadras de diferentes ruas do Jardim Ivone.

  O parlamentar pediu providências da Secretaria Municipal de Obras.

Assista à íntegra do pronunciamento

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru