Telma Gobbi mostra péssimo estado de conservação das Unidades Básicas de Saúde

07/06/2019 - Para a parlamentar, mais importante do que construir novos equipamentos públicos, é não deixar que se destruam os já existentes

Telma Gobbi preside a Comissão de Saúde da Casa de Leis

  Um mês após denunciar a precariedade na estrutura dos prédios das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), a vereadora Telma Gobbi (SD), que preside a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Bauru, constatou condições semelhantes nas unidades da rede básica.

  Na Sessão Legislativa da última segunda-feira (03/06), a parlamentar relatou ter vistoriado algumas delas junto ao vereador Coronel Meira (PSB), que é membro do colegiado.

  Os resultados foram exibidos em imagens. Na Vila Dutra, paredes mofadas e armários do banheiro destruídos.

  “Em épocas difíceis, se faz o fácil. Arrumar isso não custa milhões. Não dá para acreditar que é uma Unidade Básica de Saúde”, lamentou Telma.

  A situação encontrada na Vila Falcão não foi diferente. Infiltrações, fungos e aparelhos de ar-condicionado que não funcionam, mesmo na sala de vacinas.

  “A questão não é construir, mas não deixar destruir”, cobrou a parlamentar, citando a importância de que os prédios recebam a devida manutenção periódica.

  Ela comentou ainda sobre informações que apontam problemas no serviço de esterilização de materiais.

  Como bom exemplo de conservação, a parlamentar falou da unidade Jussara/Celina, inaugurada há cerca de dois anos.

  Fazendo referências ao slogan do governo, Telma disse ainda que gostaria de ver “Bauru em movimento”, desde que não seja para baixo.

Assista à íntegra do pronunciamento

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru