Sessão Solene entrega Prêmio 'Zumbi dos Palmares' 2019 nesta quinta-feira

- Vinicius Lousada

Ana Maria da Silva, Fátima Ferreira Campos Santos e Sivaldo Camargo são os homenageados escolhidos pelo Conselho Municipal da Comunidade Negra

A Câmara Municipal de Bauru promove, nesta quinta-feira (21/11), às 20h, no Plenário da Casa, Sessão Solene para homenagear os três contemplados pelo Prêmio "Zumbi dos Palmares" 2019.

A honraria será entregue a Ana Maria da Silva, Fátima Ferreira Campos Santos e Sivaldo Camargo, indicados à Mesa Diretora do Legislativo pelo Conselho Municipal da Comunidade Negra.

Criado em 2013, o Prêmio Zumbi dos Palmares reconhece, anualmente, cidadãos ou instituições que se dedicam à luta contra o racismo e outras intolerâncias.

Como critérios, são consideradas “ações que tenham por objetivo a plena inserção da comunidade negra na vida socioeconômica e político-cultural”.

O Prêmio foi criado como parte das atividades que compõem a Semana da Consciência Negra, celebrada em novembro.

A vereadora Yasmim Nascimento (PSC) vai presidir a Sessão Solene e destaca a importância da ocasião: “Tendo em vista que a comunidade negra ainda sofre e o racismo ainda é realidade, temos que valorizar o Dia da Consciência Negra [20 de novembro]. Seria bom que fosse todos os dias para que todos, desde pequenos, aprendessem o respeito ao próximo, independentemente da cor da pele. O Prêmio Zumbi vem para somar e fomentar esse assunto de extrema importância. Infelizmente, o feminicídio tem aumento e as mais atingidas são as mulheres negras. As mulheres que sofrem violência doméstica são em maioria negras. O bullying atinge muito mais as crianças negras”.

Premiados

Sivaldo Camargo: Iniciou seus estudos de Dança e Teatro em 1980 na cidade de São Paulo. Teve como mestres: Ismael Guiser, Ivonice Satie, Yoko Okada, Augusto Pompeu, entre outros. Professor de Dança desde 1985 em diversas cidades do Brasil, foi diretor artístico do grupo de teatro “Azeite de Mamona” durante 8 anos. Neste período, dirigiu vários musicais; entre eles: “Tropicália Bananas ao Vento”, de Sivaldo Camargo; “Mulheres de Atenas” de Augusto Boal; e “Arena Conta Zumbi” de Guarnieri e Boal, com músicas de Edu Lobo. Foi professor de teatro na FCL-Unesp-Assis e FAAC-Unesp-Bauru. Desde 2012, é diretor e professor da Companhia Estável de Dança de Bauru, pela qual dirigiu os espetáculos “Cores e Gestos”, “Frida”, “Baluarte”, “Carmen” e “Morte e Vida Severina”.

Fátima Ferreira Campos Santos: É servidora pública aposentada da Prefeitura, moradora tradicional da Bela Vista, sambista de primeira linhagem e, há muitos anos, realiza a “Feijoada da Fátima” - atividade que agrega dezenas de sambistas de raiz, como forma de resistência e preservação dos valores culturais.

Ana Maria da Silva: Conhecida como Aninha da Emdurb, é servidora pública municipal há 10 anos. Ganhou o apelo graças a seu carisma. Sente orgulho de ser gari, de ganhar a vida deixando limpas as ruas, esquinas e vielas de Bauru. Mulher, negra, criou os 3 filhos sozinha como muitas mulheres brasileiras. Lembra que, para criar a filha do meio, teve a grande ajuda de outra mulher: uma das avós dos filhos.

_

Com informações da Assessoria de Comunicação – Prefeitura de Bauru