Câmara aprova novas regras para venda de medicamentos em Bauru

01/04/2019 – Projeto de lei de autoria do vereador Fábio Manfrinato (PP) proíbe comercialização de remédios em estabelecimentos não especializados

Vereadores aprovaram três projetes de lei em Sessão Ordinária

A Câmara Municipal aprovou em primeiro turno, nesta segunda-feira (01/04), novas regras para a venda de medicamentos em Bauru. O texto, de autoria do vereador Fábio Manfrinato (PP), proíbe a comercialização de remédios fora de estabelecimentos especializados de saúde. (Processo 32/19)

Se aprovada em segundo turno e sancionada pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD), a matéria reconhecerá como estabelecimentos permitidos a vender medicamentos apenas as farmácias e drogarias legalizadas do município.

Durante a sessão ordinária, a galeria da Casa foi ocupada por dezenas de servidores da Administração Municipal, que estão em período de campanha salarial. Os trabalhadores procuraram a Câmara solicitando apoio dos vereadores nas negociações entre a Prefeitura e a categoria.

 

Durante a Sessão, o vereador Sandro Bussola cobrou novas vagas no Hospital de Base de Bauru

Doações de áreas públicas

Seguindo a Pauta da Sessão, dois projetos de autoria do Poder Executivo, que tratam sobre a doação de áreas da cidade, foram aprovados pelos vereadores nesta segunda-feira.

Um deles revoga a Lei no 5616 que autorizou a doação de área à empresa Emporium Comércio de Acrílicos. (Processo 49/19)

Já o outro autoriza da doação de área pública à empresa TNT Mercúrio Cargas e Encomendas. (Processo 52/19)

Markinho Souza (PP) fala da manifestação de servidores municipais na Câmara Municipal nesta segunda-feira


Discussão Única

Em discussão única, dois projetos de decreto legislativo foram aprovados em plenário. São eles:

Processo 54/19 - que dá denominação de Rua Fátima Aparecida Pereira da Silva a uma via pública da cidade.

Autoria: Natalino Davi da Silva (PV)

Processo 55/19 – que dá denominação de Dydie Andreghetto a um prédio institucional da cidade.

Autoria: Roger Barude (PPS)

Moções

Por fim, os parlamentares votaram e aprovaram cinco moções de aplauso:

Processo 23/19 – de Aplauso aos 50 anos do Lar Escola Santa Luzia, pelo trabalho realizado com dedicação e humanização e à equipe de colaboradores e voluntários pela excelente atuação.

Autoria: Fábio Manfrinato (PP)

Processo 24/19 – de Aplauso ao Instituto Lauro de Souza Lima, pelos 86 anos de atividades.

Autoria: Markinho Sousa (PP)

Processo 25/19 - de Aplauso ao Senhor Jaime Prado, por toda dedicação e empenho em prol da causa da hanseníase.

Autoria: Markinho Souza (PP)

Processo 26/19 – de Aplauso pelos 50 anos da fundação da Paróquia Santa Rita de Cássia.

Autoria: Mané Losila (PDT)

Processo 27/19 – de Aplauso pelos 35 anos da rede Confiança Supermercados e pelas muitas ações sociais desenvolvidas ao longo de sua história.

Autoria: Mané Losila (PDT)


Galeria do plenário da Câmara esteve lotada de servidores durante a Sessão Ordinária


ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru