Reunião nesta terça-feira: Comissão de Obras cobra medidas emergenciais contra falta d'água

- Assessoria de Imprensa

Presidência do DAE e Gabinete do Prefeito são esperados para prestar esclarecimentos e responder a questionamentos

A Comissão de Obras e Serviços Públicos convocou para sua reunião desta terça-feira (06/10) a Presidência do DAE e o Gabinete do Prefeito.

O objetivo é levantar quais medidas estão sendo tomadas para mitigar os efeitos da crise hídrica que atinge Bauru.

Os trabalhos estão agendados para as 10h30.

Presidente da comissão, o vereador Mané Losila (MDB) pontua que, além do planejamento macro e de obras estruturais, cobrará providências para a solução imediata das dificuldades que vêm sendo enfrentadas por munícipes que têm ficado até quatro dias sem água em casa – a despeito de o rodízio implantado informar que, na região abastecida pelo Rio Batalha, o fornecimento se daria dia sim dia não.

A contratação emergencial do serviço de caminhões-pipa e o aprimoramento do atendimento na central telefônica do DAE foram pontos levantados durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Bauru de hoje.

Outro assunto a ser abordado nesta terça-feira será o impacto na conta de contribuintes que estão sem o principal serviço prestado pelo DAE, mas têm os hidrômetros movimentados pela pressão de ar na rede.

A possibilidade de implantação oficial do racionamento de água também será discutida pela comissão junto aos gestores.

O colegiado presidido por Losila tem como membros os vereadores Luiz Carlos Bastazini (PTB) e Markinho Souza (PP).

A reunião acontecerá com a participação dos representantes do Poder Executivo por videoconferência e é aberta aos demais parlamentares.