Proposta para o Orçamento Municipal de 2020 será apresentada em audiências na quarta e na quinta-feira

- Vinicius Lousada

Órgãos da Administração Indireta e todas as secretarias da Prefeitura foram convocados pela Comissão Interpartidária da Câmara de Bauru

O governo municipal apresenta sua proposta para a Lei Orçamentária Anual (LOA-2020), em Audiências Públicas que acontecem no Plenário da Câmara de Bauru, nessas quarta (11/09), às 14h, e quinta-feira (12/09), às 9h da manhã.

A iniciativa é da Comissão Interpartidária do Legislativo, presidida pelo vereador Natalino da Silva (PV).

A LOA faz a projeção de receitas e fixa as despesas da administração pública para o ano seguinte. Ela precisa ser elaborada levando em consideração a já aprovada Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO-2020), na qual o governo definiu suas metas e prioridades para o exercício, e o Plano Plurianual (PPA-2018-2021), que consiste no planejamento orçamentário para o período de quatro anos.

Para o primeiro dia, quarta-feira, foram convocados os órgãos da Administração Indireta (Cohab, DAE, Emdurb e Funprev) e a Secretaria Municipal de Economia e Finanças – responsável por apresentar o planejamento orçamentário do Poder Executivo.

Na quinta-feira, será a vez de todas as demais secretarias demonstrarem as ações e programas planejados para 2020. A Fundação Estatal Regional de Saúde de Bauru (FERSB) também foi chamada.

“Fizemos essa divisão da Prefeitura para que, em um dia, possamos conhecer de forma global a situação financeira e, no outro, seja demonstrado como o governo vai materializar a aplicação dos recursos. Na prática, queremos saber o que as secretarias farão: quais serviços serão mantidos, o que vai ser cortado, o que vai ser criado, ampliado ou melhorado”, explica Natalino da Silva, em reunião preparatória das audiências.

WhatsApp e Facebook

Os munícipes podem participar das audiências públicas encaminhando perguntas, comentários ou sugestões pelo WhatsApp (14) 98119-5511 ou por mensagens no Facebook da TV Câmara Bauru (facebook.com/tvcamarabauru).

As contribuições são lidas e discutidas ao vivo. Para isso, é necessária identificação com nome completo e instituição que representa ou o bairro onde mora.

Mensagens anônimas, ofensivas, com conteúdo impróprio ou que não tenham relação com o tema em debate serão descartadas.

Como há horários pré-estipulados para o início e o término das audiências, quando não houver tempo para a leitura de todas as perguntas e comentários, o material será direcionado aos órgãos pertinentes.

Para assistir

A audiência será transmitida ao vivo pelos canais 10 da NET e 31.3 UHF Digital, e também pela página da TV Câmara Bauru no YouTube e no Facebook.