Presidente do Sindicato dos Taxistas cobra regulamentação para serviços de transporte com aplicativos

14/05/2018 - Comissão interna da Câmara tratará do assunto em reunião agendada para as 9h desta quinta-feira (17/05)

Vitor Tallão preside o Sindicato dos Taxistas de Bauru e Região

  Presidente do Sindicato dos Taxistas de Bauru e Região, Vitor Moreira Tallão, cobrou do poder público municipal, ao fazer uso Tribuna Livre na Sessão Legislativa desta segunda-feira (14/05), a regulamentação dos serviços de aplicativos para transporte - como a Uber, que já opera na cidade.

  Aos vereadores, Tallão alegou irregularidades na operação desses serviços, que resultariam na concorrência desleal junto a taxistas e mototaxistas.

  A principal queixa do sindicato é a Uber não pagam impostos, possibilitando a cobrança de valores menores por corrida.

  A falta de responsabilidade com a segurança dos passageiros também foi citada por Vitor   Tallão.

  Parte desses argumentos já foi rebatida ainda durante a Sessão Legislativa pelo vereador Coronel Meira (PSB), que destacou a qualidade dos serviços que vêm sendo prestados e a consequente satisfação por parte dos usuários.

Burlas

  Para Vitor Talão, a Uber cobra taxa abusiva de seus motoristas: 25% sobre o valor da corrida.

  Por essa razão, alguns condutores já estariam fechando viagens com clientes, sem o intermédio do aplicativo.

  O presidente do sindicato disse ainda que a Emdurb se nega a tomar providências enquanto o serviço não for regulamentos na esfera municipal.

  “Não podemos deixar uma empresa ditar regras em nossa cidade”, frisou Tallão.

  Antes mesmo do pronunciamento na Tribuna Livre desta segunda-feira, já estava agendada, junto à categoria dos taxistas, reunião da Comissão de Obras, Serviços Públicos e Transportes para tratar do assunto.

  O encontro está marcado para esta quinta-feira (17/05), às 9h da manhã, na Câmara Municipal.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru