Presidente do Legislativo visita obras de expansão de indústria farmacêutica

- Assessoria de Imprensa

A Santisa é especializada na produção de medicamentos hospitalares, referência em todo o Brasil, está localizada no centro da cidade; com 170 colaboradores, a empresa pretende aumentar a produção em cinco vezes e faturar R$ 1 bilhão até 2024

O presidente da Câmara Municipal de Bauru, vereador Junior Rodrigues (PSD), esteve, nesta segunda-feira (16/1), em uma visita de cortesia ao diretor da Santista Laboratório Farmacêutico, Dalton Durski, na sede industrial localizada na rua Monsenhor Claro, na região central da cidade, ao lado do Hospital de Base de Bauru.

Ao presidente da Casa de Leis, o diretor Dalton Durski agradeceu a visita e aproveitou a oportunidade para apresentar a empresa que é certificada com o BPF (Boas Práticas de Fabricação), devidamente regulamentada na Anvisa. A empresa é detentora de 12 registros de remédios de uso hospitalar, como Diazepam, Furosantisa, Metoclosantisa, Santiazepam, Santidor, Santiplex B - Polivitamínico, Santropina, Sulfato de Gentamicina, Vitasantisa C., entre outros. Dalton também falou sobre a expansão do parque industrial e das projeções de crescimento para os próximos anos.

Durante a reunião, o diretor informou que a indústria farmacêutica foi fundada, em Bauru, há mais de 50 anos. Inclusive, há registros de que no local, em 1911, já funcionava um hospital e, em seguida, passou a ser um laboratório farmacêutico fornecendo insumos para as Santas Casas. No primeiro semestre de 2022, a Santisa foi comprada por um grupo que está investindo na modernização e reestruturação do local, com aporte financeiro inicial de mais de R$ 50 milhões.

Com as obras de ampliação iniciada em setembro de 2022, a empresa já começou a fase de expansão, gerando ainda mais empregos para o setor farmacêutico da cidade. A Prefeitura Municipal de Bauru e o Departamento de Água e Esgoto (DAE) estão dando o suporte e a infraestrutura ao entorno do novo parque fabril, como obras de drenagem que já foram finalizadas no ano passado.

O objetivo é sair dos atuais 170 colaboradores para 340 até 2024. A estimativa também é aumentar em cinco vezes a produção com a implantação do novo espaço, saltando de 6 milhões ao mês para 30 milhões de medicamentos, a partir dos novos equipamentos atendendo as normas que atualmente regulam o setor farmacêutico.

Para os próximos anos, a Santisa espera um faturamento de R$ 1 bilhão.

O presidente da Casa de Leis destacou o desenvolvimento de empresas bauruenses. “É muito bom ver empresas que há décadas contribuem para o crescimento da cidade, investindo, expandindo e gerando empregos. Como representante do Poder Legislativo venho parabenizar o trabalho da Santisa e me colocar à disposição para contribuir e garantir o apoio a essa importante indústria farmacêutica que está no centro da cidade, no coração de Bauru, e que é uma riqueza para o Município”.