Presidência da Câmara recebe entidade gestora do Bom Prato e da Cozinha Comunitária de Bauru

- Assessoria de Imprensa

Aelesab é responsável pelo restaurante em Bauru e outras 5 cidades da região; a OSC também administra a Cozinha Comunitária na cidade; Junior Rodrigues também propôs a descentralização do restaurante popular para os bairros mais periféricos do município e a instalação de uma segunda unidade da Cozinha Comunitária, no Parque Jaraguá

O presidente da Câmara Municipal de Bauru, Junior Rodrigues (PSD), recebeu os representantes da Aelesab - Programas de Integração e Assistência Criança e Adolescente, na sala da Presidência da Casa de Leis, nesta quinta-feira (12/1), para uma reunião para tratar sobre alternativas visando ampliar os serviços socioassistenciais do Município para as pessoas em situação de vulnerabilidade social, decorrentes da pandemia nos últimos anos, e a situação de insegurança alimentar e nutricional.

O encontro com o diretor geral da Aelesab Bauru, Nivaldo Nunes Caetano, e Edilberto Augusto de Melo, o Betinho, assistente social e supervisor da entidade, possibilitou a compreensão dos serviços prestados pela OSC e a necessidade de implantação de novos programas socioassistenciais no município.

Em Bauru, a Aelesab administra, desde 2013, o restaurante Bom Prato, localizado na região central da cidade, parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal. A unidade de Bauru serve diariamente, de segunda a sábado, 1.300 refeições no almoço e 300 no jantar, a R$ 1,00. Além disso, são servidas, todos os dias, exceto domingos e feriados, 300 bandejas de café da manhã por R$ 0,50 cada, e crianças até seis anos têm direito à refeição gratuita. Atualmente, o Governo do Estado já implantou 100 unidades do restaurante que estão espalhados pela capital, litoral e interior, sendo 73 fixos e 27 móveis.

O diretor da Aelesab, Nivaldo Nunes, também destacou o trabalho que é desenvolvido no programa Cozinha Comunitária, localizada no Núcleo Habitacional Pastor Arlindo Lopes Vianna, ao lado do Centro Unificado (CEU) das Artes e do Esporte. O projeto completa, em 2023, seis anos de existência sob a gestão da Aelesab em parceria com a Sebes. A Cozinha Comunitária fornece 250 refeições diárias, sendo 50 cafés da manhã e 200 almoços, para atender prioritariamente pessoas em situação de insegurança alimentar grave, indicadas preferencialmente pelos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). O programa municipal funciona de segunda-feira a sexta-feira, exceto feriados, oferecendo refeições com preços acessíveis de R$ 1,00 o almoço e R$ 0,50 o café da manhã.

Para o presidente da Câmara, Junior Rodrigues, o Parque Jaraguá precisaria de um programa de segurança alimentar e nutricional para a comunidade local. “Vou sugerir ao Executivo que implante uma segunda unidade da Cozinha Comunitária, no Jaraguá, porque a população do bairro precisa de programas socioassistenciais iguais a esse, com refeições de qualidade a preços populares”, comentou.

Durante a reunião, Junior Rodrigues destacou também o programa Bom Prato Móvel, iniciado em 2021 pelo Governo do Estado, na capital paulista, e que vem sendo expandido para todo o Estado de São Paulo.

“Nossa ideia é indicar também à prefeita Suéllen Rosim, o Bom Prato Móvel, para contemplar os bairros onde há pessoas em situação de insegurança alimentar, por um período determinado, garantindo que o programa itinerante atenda mais de uma região da cidade no ano”, enfatizou o presidente do legislativo bauruense.

Sobre a Aelesab

Há 20 anos atuando em Bauru, a Aelesab – Programas de Integração e Assistência à Criança e Adolescente é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que atua em projetos assistenciais destinados à população de baixa renda ou em situação de risco e vulnerabilidade social.

Parceira da Secretaria Municipal do Bem-Estar Social (Sebes) de Bauru e do Governo do Estado de São Paulo, desde 2013, a Aelesab faz a gestão de serviços na Rede de Proteção Social Básica, Especial e Integral. Atendendo mais de dez mil pessoas diariamente, direta ou indiretamente, na busca pela garantia de acesso aos direitos sociais.


Na assistência direta, os atendimentos visam o fortalecimento de autoestima do usuário, no desenvolvimento de sua autonomia na ruptura com situações de riscos e vulnerabilidade social de modo a promover a inserção social, ampliação da resiliência aos conflitos, estímulos à participação social, equidade, protagonismo, emancipação, inclusão social e conquista da cidadania.

Unidade Bom Prato de Bauru

O restaurante Bom Prato é um programa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (SDS) e da Prefeitura Municipal de Bauru, por meio da Secretaria Municipal do Bem-Estar Social (Sebes), e desenvolvido pela Aelesab - Programas de Integração e Assistência Criança e Adolescente, organização da sociedade civil, responsável pelo programa na cidade desde 2013.

Programa itinerante

O Bom Prato Móvel é um programa da Secretaria do Estado de Desenvolvimento Social, vinculado ao Governo do Estado de São Paulo, e visa ampliar o atendimento do programa em bairros mais distantes da unidade fixa e concentração de pessoas em situação de vulnerabilidade social, possibilitando que a população tenha acesso a variedades de alimentos em refeições balanceadas, supervisionadas por uma equipe de técnicos e nutricionistas capacitados. 

A operação do programa móvel teve início em 2021 e as refeições são preparadas e embaladas no Bom Prato fixo e transportadas em caixas térmicas para garantir a segurança.