Presidência da Câmara e Executivo discutem a crise hídrica de Bauru

- Assessoria de Imprensa

Prefeita Suéllen Rosim deve apresentar ações para minimizar o desabastecimento de água no município

O presidente da Câmara Municipal de Bauru, vereador Markinho Souza (PSDB), se reuniu com a prefeita Suéllen Rosim, na tarde desta quinta-feira (18/11), para discutir alternativas para atender a população que sofre com a crise hídrica, em diversas regiões da cidade.

Durante a reunião, o presidente do Legislativo solicitou à chefe do Executivo que além das ações emergenciais, a Gestão Municipal dê celeridade ao projeto de construção de um novo ponto de captação de água no Rio Batalha, localizado 22 quilômetros abaixo da atual lagoa de captação.

A proposta é que a água seja canalizada e bombeada até a lagoa de captação, o que resolveria de forma definitiva o problema, juntamente com as outras ações apontadas no Plano Diretor de Água (PDA) – instituído pela Lei Municipal n.º 7315, de 16 de dezembro de 2019. De acordo com o presidente da Casa de Leis, Markinho Souza (PSDB), segundo o PDA, o término desta obra está previsto para 2027.

“Sugiro que se o problema for financeiro, já que é uma obra de R$ 45 milhões, que o DAE busque linhas de créditos e, ou, se o problema for ambiental, me coloco desde já à disposição para conversar com o Governo do Estado para ajudar na agilidade das autorizações ambientais”, completa Markinho.

O presidente colocou, mais uma vez, a Câmara de Bauru à disposição para debater assuntos de interesse da população, principalmente neste momento de emergência que o município se encontra. A prefeita Suéllen Rosim demonstrou interesse pelas sugestões da presidência da Casa de Leis e, nesta sexta-feira (19/11), às 16h, estará na Câmara Municipal discutindo com os vereadores as ações que estão sendo realizadas para minimizar o problema da falta d’água na cidade bem como as ações futuras.