Pela Internet: Câmara aprova projeto para que população tenha acesso a dados em tempo real sobre filas nas Unidades de Saúde

20/05/2019 - Autor da proposta, Sandro Bussola diz que ferramenta oferecerá dados para a gestão e auxiliará pacientes e familiares a escolher locais de atendimento mais rápido

Sandro Bussola: "É preciso dar transparência"

  O Plenário da Câmara Municipal de Bauru aprovou, nesta segunda-feira (20/05), em Primeira Discussão, Projeto de Lei do vereador Sandro Bussola (PDT) que busca a disponibilização, em tempo real, pela internet, de informações sobre as filas de atendimento nas Unidades de Saúde vinculadas à Prefeitura (Processo 82/19).

  A ideia é que os usuários do SUS possam verificar o número de pessoas que estejam aguardando consultas e o de médicos que estejam atendendo.

  Também foi aprovada emenda da vereadora Telma Gobbi (SD), propondo que a quantidade ideal de médicos para cada unidade no horário do acesso do munícipe ao novo serviço online também seja informada.

  Por meio de site ou aplicativo, o sistema também deverá disponibilizar os tempos médios de espera e de duração da consulta.

  Na Tribuna, o autor do projeto explicou que, verificando a situação de cada unidade, o munícipe poderá escolher aquela onde o atendimento esteja fluindo de maneira mais satisfatória.

  Sandro Bussola deu o exemplo de que, em recente vistoria na UPA Bela Vista, verificou, durante a noite, que dois médicos estavam de plantão enquanto 300 pessoas aguardavam ser consultadas. No mesmo instante, no Pronto-Socorro Central (PSC), a fila era de apenas dois pacientes e o número de profissionais atendendo, idêntico.

  “É preciso dar transparência. Com essas informações disponibilizadas, estabelecemos também uma forma de acompanhar a gestão da Saúde”, disse, na Tribuna, o parlamentar, referindo-se sobre eventual necessidade de rearranjos na escala médica, especialmente na rede de urgência e emergência.

  O vereador Markinho Souza (PP) pontuou que a proposta vai ao encontro de recente anúncio do prefeito Clodoaldo Gazzetta, que sinalizou a disponibilização de sistema para que a população possa acompanhar o sistema de videomonitoramento interno das UPAs e do Pronto-Socorro.

  O texto deve ser apreciado em Segunda Discussão na próxima semana. Posteriormente, a redação final é remetida ao Poder Executivo para sanção ou veto.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru