Moção de Aplauso: Markinho Souza presta homenagem aos Corretores de Imóveis

- Assessoria de Imprensa

Aprovada em setembro do ano passado pela Casa de Leis, a homenagem destaca os serviços prestados pelos Corretores de Imóveis em Bauru e pela data comemorativa aos responsáveis por transações imobiliárias

Nesta segunda-feira (2/5), o presidente da Câmara Municipal de Bauru, vereador Markinho Souza (PSDB), prestou homenagem aos Corretores de Imóveis pelos relevantes serviços prestados ao município de Bauru e pelo "Dia do Corretor de Imóveis", comemorado anualmente em 27 de agosto.

O parlamentar deu entrada na Moção n.º 64/21 no dia 30 de agosto de 2021. A proposta foi aprovada, por unanimidade, pelo plenário da Casa de Leis, em 8 de setembro do ano passado.

A entrega da homenagem foi conduzida pelo vereador Coronel Meira (União Brasil) e acompanhada pelos parlamentares Markinho Souza (PSDB), Pastor Edson Miguel (Republicanos), Guilherme Berriel (MDB), Eduardo Borgo (PMB), Serginho Brum (PDT), Junior Lokadora (PP), Junior Rodrigues (PSD), Marcelo Afonso (Patriota), Miltinho Sardin (PTB), Beto Móveis (Cidadania), Estela Almagro (PT), Chiara Ranieri (União Brasil) e Julio Cesar (PP).

Também estiveram presentes no Plenário “Benedito Moreira Pinto”, o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP), José Augusto Viana Neto, e o membro do Conselho Fiscal do Creci-SP, o ex-presidente do DAE Bauru, que comandou a autarquia de 2013 a 2016, Giasone Albuquerque Candia; o delegado regional, Daniel Carvalho de Andrade; o subdelegado regional, Carlos Eduardo Muniz Candia; a delegada de Bauru, Maria Geralda Ferreira Pavani, e o subdelegado de Bauru, Marcelo Godoy Gebara.

O presidente da Casa, Markinho Souza, no ato de entrega da Moção, declarou ser uma satisfação receber corretores da cidade e os representantes do Conselho Regional de Fiscalização do Profissional Corretor de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP) e agradeceu aos demais vereadores pela aprovação em unanimidade da homenagem.

José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP, diz sentir-se gratificado com o reconhecimento proporcionado pelos parlamentares bauruenses. "Quando um corretor de imóveis é reconhecido, para todos nós, é o momento de maior consolidação da atividade profissional no âmbito daquela comunidade", declarou o conselheiro.

Sobre a profissão

A atuação do Corretor de Imóveis é essencial para o desenvolvimento do mercado imobiliário. Esses profissionais estão habilitados a oferecer aos consumidores todas as informações pertinentes ao negócio, como a documentação necessária, o real valor do imóvel, o zoneamento do local, etc. Com o novo Código Civil, o Corretor passou a ser corresponsável pela negociação e é por isso que a tramitação, por meio desse profissional, traz muito mais segurança à sociedade. Em Bauru, há 3.699 corretores de imóveis atuando em 503 imobiliárias.

Frente a essa realidade, pode-se afirmar que um bom corretor de imóveis nunca deve colocar a sua remuneração em primeiro lugar, mas sim os objetivos das partes envolvidas no negócio. Ele deve observar o Código de Ética, oferecendo espontaneamente todas as informações a respeito do imóvel que está negociando. Enquadrando-se nesse perfil, esse profissional estará muito próximo de ser qualificado não apenas como corretor, mas como um verdadeiro consultor neste segmento. Isso porque, antes da regulamentação, o exercício da profissão não exigia nenhuma formação acadêmica. Com isso, qualquer pessoa podia ser corretor de imóveis. Após a exigência do curso de Técnico em Transações Imobiliárias para o exercício profissional, o Corretor teve que se reciclar, se especializar e conhecer muito mais a respeito de sua atividade. Por essa razão, atualmente, ele pode ser considerado muito mais do que somente um vendedor, dando assistência em qualquer âmbito do negócio.

Ao longo desses 59 anos de regulamentação da categoria, são incontestáveis a valorização e o crescimento dessa profissão. E a sociedade também está mais atenta aos riscos que corre em negociar com pseudocorretores, pois pode estar se valendo do auxílio de um estelionatário, que pode estar forjando documentos para realizar a transação. Além disso, as pessoas que não são inscritas no Conselho Regional de Fiscalização do Profissional Corretor de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP) não têm todos os subsídios para fornecer aos clientes os dados essenciais do negócio, e estão infringindo a lei, por exercício ilegal da profissão.

O Creci-SP se empenha a cada ano para coibir a ação de pseudocorretores que abusam da boa-fé dos consumidores. O Departamento de Fiscalização atua com rigor, verificando a documentação dos profissionais e das empresas, checando os plantões de vendas e o registro das incorporações, sempre com o intuito de proporcionar segurança à sociedade nas transações imobiliárias. Este é, sem dúvida, o principal objetivo do Creci-SP. Quando o consumidor realiza seus negócios por meio de um profissional Corretor de Imóveis, os riscos são minimizados e as chances de satisfação são evidentes.

“E é pelo dia 27 de agosto, o Dia Nacional do Corretor de Imóveis, que propomos esta justa homenagem”, justificou o vereador Markinho Souza.