Eleito presidente da Casa de Leis para o próximo biênio, Junior Rodrigues garante diálogo e protagonismo da Câmara Municipal

- Assessoria de Imprensa

Antes da eleição, Rodrigues renunciou a liderança da base governista na Câmara e, em seu primeiro discurso, após eleito, disse que a Casa de Leis não será uma extensão da Prefeitura

Nesta quinta-feira (15/12), após o anúncio da composição da Mesa Diretora da Casa de Leis para o biênio de 2023-2024, o presidente eleito por 10 votos se pronunciou na Tribuna do Plenário “Benedito Moreira Pinto”.

Iniciando o seu discurso, Junior Rodrigues agradeceu os votos de confiança recebidos pelos parlamentares e reafirmou o seu compromisso em manter a fiscalização, principal função do Legislativo, para que se tenha um bom serviço realizado pela Administração Municipal.

Ainda apontou que a sua gestão na presidência da Casa de Leis não irá se configurar como uma extensão do Poder Executivo. “A Câmara Municipal não será a extensão da Prefeitura. Eu farei tudo o que for possível para fortalecer o Legislativo”, destacou. Junior Rodrigues também falou sobre o seu empenho em gerar condições de trabalho para todos os parlamentares e ressaltou que haverá independência, acrescentando não ter recebido apenas votos da situação.

Diante disso, o vereador garantiu que os próximos dois anos serão marcados não apenas por muito trabalho, mas também por muito diálogo. “O meu compromisso não é mais de líder, mas com cada vereador aqui, e eu vou precisar de cada um de vocês”, pontuou.

Ao final de seu pronunciamento, Junior Rodrigues apontou a sua expectativa enquanto presidente e destacou a sua responsabilidade com a população bauruense. “A Câmara vai ser protagonista nestes próximos dois anos, fiscalizando e cobrando para que o trabalho seja de qualidade, porque é isso que a população espera, e é isso que a população tem visto em cada um dos vereadores”, concluiu.