Coronel Meira pede mais atenção e eficiência em licitações da Prefeitura

11/09/2018 - Contratação de câmeras para videomonitoramento está travada por decisão judicial

Meira destacou importância na etapa de elaboração de editais

  O vereador Coronel Meira (PSB) cobrou, na Sessão da Câmara Municipal de Bauru da última segunda-feira (11/09), mais eficiência por parte da Prefeitura na elaboração de editais e no acompanhamento de processos licitatórios da administração pública.

  Para exemplificar o problema, o parlamentar falou sobre a concorrência para a compra e a instalação de câmeras, visando a implantação do sistema de videomonitoramento na cidade.

  O governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública, já garantiu a aquisição do software que viabilizará a transmissão das imagens ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom).

  Mas a parte que coube ao município está travada, pois uma das empresas conseguiu, na Justiça, mandado de segurança para suspender o processo licitatório, após ter negada sua impugnação em âmbito administrativo.

  Meira frisou que é preciso dedicar atenção a todas as etapas concorrência para evitar imbróglios como este. “Nós precisamos ter pessoas qualificadas na elaboração do edital”, frisou ele.

  Outro exemplo citado pelo vereador foi a contratação do projeto executivo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Em 2010, o DAE pagou R$ 1,8 milhão pelo serviço.

  Esse tipo de estudo, entretanto, costuma custar de 5% a 7% do valor da obra, ou seja, no mínimo R$ 6,5 milhões. “Lógico que viria incompleto”, disse Meira, em referência a omissões e falhas no projeto, que vêm resultando em aditivos na obra.

Assista à integra do pronunciamento do parlamentar

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Câmara Municipal de Bauru