Coronel Meira alerta prefeito sobre riscos de ações judiciais por contratos com Emdurb

06/09/2018 - Na avaliação do parlamentar, o órgão não oferece os menores preços para a prestação de serviços junto à administração pública

Meira: "O prefeito passa a mão na cabeça da Emdurb"

  O vereador Coronel Meira (PSB) alertou o prefeito Clodoaldo Gazzetta a respeito do risco de que se torne alvo de ações judiciais movidas pelo Ministério Público em razão dos contratos entre a administração direta e a Emdurb (Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru), como já ocorreu com seu antecessor no comando do Palácio das Cerejeiras.

  Na Sessão Legislativa da última segunda-feira (03/09), o parlamentar falou da fragilidade desses contratos, destacando os relacionados à coleta e à destinação de resíduos, por conta da forma com a qual são realizadas as pesquisas de preço que buscam demonstram que a Emdurb presta serviços por valores abaixo do que os praticados pelo mercado.

  “Recebem retorno de 10 a 14 empresas com os valores, buscam os praticados em outras cidades, fazem uma média, descartando valores muito baixos ou muito altos, e a Emdurb apresenta proposta com um centavo a menos do que a média”, relatou.

  Para exemplificar sua preocupação, Meira recorreu ao caso dos resíduos de saúde, que veio à tona recentemente e é objeto de apuração no Ministério Público e na Comissão de Fiscalização da Câmara Municipal de Bauru.

  No referido contrato, a Prefeitura paga R$ 6,59 por tonelada recolhida e destinada, mas a Emdurb subcontratou os serviços por R$ 2,70.

  “O prefeito passa a mão na cabeça da Emdurb, que claramente não tem o melhor preço. Se fizermos a mesma análise em cima de outros contratos, tenho certeza de que vamos encontrar os mesmos problemas”, disse o vereador.

  Meira reforçou ainda que a proposta de “autarquização” da empresa pública pode evitar futuras responsabilizações por preços praticados acima do mercado, mas não trará benefícios econômicos ao erário.

Assista à íntegra do pronunciamento 

 

VINICIUS LOUSADA

Assessoria de Imprensa