Comissão de Meio Ambiente e CCZ discutem limpeza de terrenos

- Assessoria de Imprensa

15/07/2015 – A Comissão do Meio Ambiente, Higiene, Saúde, Previdência e Direito e Proteção dos Animais se reuniu hoje na sala de reuniões dos vereadores com representantes do Centro de Controle de Zoonozes (CCV), órgão ligado a Secretaria de Saúde, para discutir a divergência entre o código sanitário e a lei municipal que trata da limpeza de terrenos abandonados. O encontro chamado pela Comissão atendeu solicitação feita pelo vereador Fábio Manfrinato.

Segundo o presidente da Comissão do Meio Ambiente da Câmara, o vereador Paulo Eduardo de Souza, o evento serviu para mostrar a necessidade urgente de consolidação das leis municipais.

Ainda de acordo com o parlamentar, foi formado um grupo de trabalho relativo ao estudo de processos de fiscalização dos terrenos públicos e privados no que tange aos riscos iminentes a saúde publica. Esse grupo vai se reunir quinzenalmente na Câmara Municipal com a Comissão de Meio Ambiente para aprofundar as ações de trabalho.

Paulo Eduardo de Souza também lamentou a ausência de secretários municipais que foram convocados para a reunião. “A falta de agentes não permitiu de imediato uma definição de um plano de ação”, criticou.

Foram convocados para a reunião e não compareceram; o setor jurídico da prefeitura, representantes da SEMMA. A Chefe do Centro de Controle de Zoonozes, Natália Salvadeo Fernandes, acredita que a partir dessa reunião haverá melhorias na aplicação das multas deixando mais eficaz os serviços de limpeza de terrenos a.

Além de Paulo Eduardo de Souza e Artemio Caetano Filho, participara do encontro os vereadores Roque Ferreira, Fábio Manfrinato e o presidente da Câmara, Faria Neto, além do Diretor de Vigilância Ambiental, Daniel Godóy Tarcenalli.

Nivaldo José – Assessoria de Imprensa.