Comissão de Ciência e Tecnologia debate projetos de reurbanização do centro de Bauru

- Assessoria de Imprensa

Projeto arquitetônico para o antigo prédio da Estação Ferroviária, que conta com áreas multiuso, foi apresentado durante a reunião do colegiado

Na manhã desta terça-feira (14/9), os membros da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara Municipal de Bauru se reuniram em sistema híbrido, de forma presencial no plenário “Benedito Moreira Pinto” e em ambiente virtual, para apresentação de projetos relacionados ao aproveitamento das instalações do prédio da antiga Estação Ferroviária de Bauru, no centro da cidade, com o uso de recursos federais, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações; e com recursos da iniciativa privada.

O encontro foi de iniciativa do vereador Mané Losila (MDB), presidente da comissão, juntamente com os membros do colegiado, Junior Rodrigues (PSD), José Roberto Segalla (DEM) e a vereadora Chiara Ranieri (DEM). Também esteve presente o vereador Pastor Bira (Podemos).

Além dos membros, participaram no plenário “Benedito Moreira Pinto”, o empresário do ramo imobiliário, Avelino Cortellini Júnior; o conselheiro da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Bauru (Assenag), arquiteto Emerson Crivelli, e do representante da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação (Asserti), Robson Carmona.

A Reunião Pública contou ainda com a participação remota de representantes do Poder Executivo, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Charlles Rodrigo; o secretário de Agricultura e Abastecimento (Sagra), Jorge Abranches; o secretário de Planejamento, Nilson Ghirardello; o servidor Bruno Porto, representando o secretário de Obras Leandro Dias Joaquim, e a secretária de Cultura, Tatiana Sá.

Também participaram de forma remota, o presidente da Fundação Astronauta Marcos Pontes (AstroPontes), Edson Mitsuya; o empresário de tecnologia, Eduardo Stevanato, e os representantes da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação (Asserti), Ricardo Schiavão Sodré e Luiz Guilherme Guimarães; da Fatec Bauru, Sebastião Gândara Vieira; além de representantes de entidades e membros da sociedade civil.

Eduardo Stevanato pontuou, no início da reunião, um histórico das discussões sobre o tema que têm ocorrido na cidade nos últimos meses. De acordo com o empresário, tornar os projetos aptos para investimentos federais é um trabalho árduo, que precisa ser discutido e construído em conjunto.

Ricardo Schiavão Sodré apresentou o plano desenvolvido pela Asserti, destacando a proposta de criar no prédio da antiga Estação Ferroviária de Bauru um centro de inovação de uso multidisciplinar. O empresário apresentou detalhes iniciais do plano, que conta ainda com uma revitalização do centro da cidade.

Schiavão Sodré destacou os passos que precisam ser seguidos para viabilizar o investimento federal. De acordo com Ricardo, a associação fará uma reunião em Brasília para adequar o projeto às necessidades que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações têm para o futuro desta área no País.

De acordo com o empresário, a venda de potencial construtivo da área financiaria reformas e adequações do prédio da estação e do centro como um todo.

Mané Losila destacou que o objetivo dessa e de outras reuniões do mesmo tema é entender como o Legislativo pode criar leis que incentivem e fomentem a vinda de investimentos na área de tecnologia e inovação para Bauru.

Avelino Cortellini Junior, empresário do ramo imobiliário, apresentou um projeto de revitalização do prédio da antiga Estação Ferroviária de Bauru e do centro que seria viabilizado totalmente por iniciativa privada, garantindo o uso de um andar do prédio para a incubadora de inovação a ser gerida pela prefeitura.

Nilson Ghirardello destacou a importância de chamar os diretores da Secretaria de Educação para as discussões, já que hoje o prédio da estação é de responsabilidade da pasta. O secretário informou que tem discutido os projetos que chegam até a Seplan com a Prefeita Municipal.

Ghirardello acredita que o momento é adequado para discutir este assunto, já que documentos importantes para o município, como o Plano Diretor, estão em discussão.

Mané Losila mostrou contentamento com as propostas apresentadas e pela discussão realizada. O vereador colocou-se à disposição para utilizar as ferramentas do Poder Legislativo a favor da viabilização dos projetos do parque de inovação municipal e da revitalização do centro da cidade.