Chiara Ranieri sugere criação do Fundo Municipal de Preservação da Memória da Ferrovia

11/09/2018 - Objetivo é garantir recursos para a manutenção dos museus de Bauru e também da estrutura da Estação Ferroviária

Chiara: Resgate da ferrovia em prol do desenvolvimento

  A vereadora Chiara Ranieri (DEM) defendeu, na Sessão da Câmara Municipal da última segunda-feira (10/09), a criação de um Fundo Municipal de Preservação da Memória da Ferrovia, a fim de garantir recursos para a manutenção dos museus de Bauru e da estrutura da Estação Ferroviária.

  A ideia surgiu após visita da parlamentar ao Museu Regional Ferroviário da cidade no dia 6 de setembro – acompanhada pelo secretário municipal de Cultura, Luiz Fonseca.

  “O Museu Ferroviário carece de investimento para a segurança do seu acervo. Não existe nem Alvará dos Bombeiros para o prédio. Se [o acervo] não for cuidado, poderá ser perdido”, alertou Chiara.

  O material é rico em memória e história – são 5 mil peças tridimensionais, 40 mil peças documentais, 20 mil fotos e cerca de 900 mapas.

  “Vale destacar que esse acervo não é nosso: é da ferrovia, está no museu sob concessão”, informou.

  Em agosto, o museu recebeu 3,6 mil visitas – o público varia de estudantes de Bauru, escritores a universitários de arquitetura, engenharia, urbanismo, saúde, economia, que buscam o espaço para trabalhos de conclusão de curso e até mesmo de pós-doutorado.

Exemplo do Zoo

  Bauru tem um exemplo bem-sucedido para se inspirar: o Fundo Municipal de Manutenção e Ampliação do Zoológico Municipal. Criado pela Lei 4.482 de 14 de dezembro de 1999, garante recursos de diversas fontes para a manutenção, aquisições e investimentos no Zoo.

  “Pela ligação tão próxima que Bauru tem com a ferrovia, falta na cidade um Fundo Municipal de Preservação da Memória da Ferrovia”, completa a vereadora.

Novo projeto

  Chiara Ranieri também destacou o novo projeto da Secretaria Municipal de Cultura, que prevê um passeio de trem que sairia do Boulevard Shopping Bauru, passaria pela Estação Paulista – onde estariam dois museus – e se encerraria na Estação Ferroviária.

  Além de manter viva a memória da ferrovia na cidade, o passeio tem o objetivo de contribuir para parte da revitalização do Centro, onde a Estação Ferroviária está localizada.

  Na reportagem produzida pela TV Câmara e apresentada pela vereadora, o secretário explica que o passeio pode se tornar uma atração turística regional e trazer novos atrativos à área, como restaurantes, cafés, livrarias e até bibliotecas.

  Contudo, para isso, é necessário buscar parcerias, já que o orçamento da pasta não tem condições de bancar os investimentos necessários – o que fortalece ainda mais a relevância na proposta do Fundo Municipal de Preservação da Memória da Ferrovia.

  “Que a Estação Ferroviária sejam a ponte para um novo ponto turístico para nossa cidade e também para o início da revitalização do Centro. Não vejo Bauru se desenvolvendo novamente sem o resgate da nossa ferrovia”, encerrou.

Assista à íntegra do pronunciamento

 

THIAGO ROQUE

Assessoria – Vereadora Chiara Ranieri