Chiara Ranieri defende que grandes obras sejam previamente discutidas na Câmara

05/09/2018 - A parlamentar destacou o papel do Legislativo para evitar transtornos como os identificados na construção das marginais da Rondon

Chiara: "A Câmara tem de encontrar um caminho"

  A vereadora Chiara Ranieri (DEM) destacou a importância de as grandes obras e projetos ligados a Bauru sejam discutidos também na Câmara Municipal. A discussão veio à tona durante a última Sessão Legislativa (03/09), quando a parlamentar destacou que o objetivo é evitar os transtornos ocorridos como os da construção das marginais da Rodovia Marechal Rondon (SP-300).

  "A Câmara precisa fazer uma discussão séria desses projetos antes de as obras começarem. Senão, ficamos aqui enxugando gelo", pontuou.

Obra imensa

  Chiara fez uma retrospectiva das intervenções na rodovia para mostrar a relevância do projeto para o bauruense – serão 22,4 km de pistas marginais implantadas, instalação de viadutos, melhoria da drenagem, aumento da capacidade do deslocamento de veículos (de 4 mil por hora para 7,6 mil por hora) e 1 milhão de pessoas beneficiadas com mais segurança e menos acidentes no trânsito.

  "É uma obra imensa, com um impacto gigantesco nas pessoas que vivem em Bauru. Não é possível que essa discussão não seja feita dentro da Câmara Municipal", opinou.

Falta de informação

  Isso porque a falta de informação sobre o projeto, o andamento das obras e mesmo a divisão de responsabilidades entre Prefeitura, Governo Estadual e a Concessionária ViaRondon – vêm ganhando destaque.

  Reportagens apontaram que o convênio entre Prefeitura e ViaRondon para liberação de áreas municipais não tinha sido assinado ainda, além da falta de licenças ambientais e da queda de braço entre concessionária e município para pagamento de despesas.

  A vereadora disse ter conversado também com empresários que se mostraram preocupados com o funcionamento de suas atividades por falta de esclarecimento sobre as obras – se estavam paradas, atrasadas ou mesmo se tinham sido abandonadas.

  "Não é possível que a Prefeitura de Bauru fique completamente omissa ao que está acontecendo dentro da nossa cidade – porque é dentro da cidade, sim, pois a rodovia corta a área urbana em 12 quilômetros, passando por 17 bairros", alertou. "A Câmara tem de encontrar um caminho para que seja protagonista da discussão desse tipo de obra", finalizou Chiara.

Assista à íntegra do pronunciamento 

 

THIAGO ROQUE

Assessoria – Vereadora Chiara Ranieri