Chiara cobra avanços em estratégias para a saúde básica de Bauru

16/05/2018 - A parlamentar lembrou que a ampliação das equipes do Programa Saúde da Família era um dos compromissos do prefeito durante a campanha eleitoral

Chiara diz que resolver déficit de servidores é dever do governo

  Em seu discurso na última Sessão da Câmara Municipal, a vereadora Chiara Ranieri (DEM) criticou as deficiências nas estratégias de saúde básica, de responsabilidade da Prefeitura de Bauru.

  Antes, porém, Chiara fez questão de elogiar o Programa Remédio em Casa – que leva medicamentos à residência de 600 pacientes crônicos da cidade.

  "É uma conquista. Apesar de acanhado e com requisitos bem específicos, os beneficiários não terão a preocupação de precisar buscar seus remédios ou mesmo a preocupação de não receber o medicamento", opinou.

  Para a vereadora, contudo, a administração erra na estratégia de saúde básica na cidade – o Remédio em Casa, por exemplo, é o caso de um programa paliativo.

  "Se o Programa Saúde da Família estivesse funcionando amplamente no nosso município, não precisaríamos do Remédio em Casa", aponta. "Era promessa de campanha aumentar as equipes", completa.

Déficit de servidores

  O vereador Marcos Antonio de Souza (PP), líder do governo na Câmara, lembrou que a Prefeitura, hoje, tem um déficit de 600 servidores só na área da Saúde – e que o Executivo tem dificuldade para contratar por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal.

  "Esse dever de casa é do prefeito, não da Câmara Municipal", enfatizou Chiara. "Essa é uma conta [déficit de servidores] que o prefeito tem que resolver – e nós temos cobrado isso", completa.

  A parlamentar, então, destacou que promove, no dia 23 de maio, Audiência Pública para que a Prefeitura de Bauru apresente as Metas Fiscais do 1º Quadrimestre de 2018. "Com essa Audiência Pública, poderemos ver que caminho é esse que está sendo trilhado [pela Prefeitura de Bauru, no que se refere ao corte de gastos e à contratação de novos servidores]", explica. "Quem sabe o próximo governo comece sem esse déficit", torce a vereadora.

 

THIAGO ROQUE

Assessor Parlamentar – Vereadora Chiara Ranieri