'CEI da COVID-19' realiza primeira rodada de oitivas

- Assessoria de Imprensa

Foram ouvidos representantes de entidades e de autarquia

A Comissão Especial de Inquérito (CEI), que apura a atuação da Prefeitura de Bauru no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus no município, promoveu a primeira rodada de oitivas nesta terça-feira (18/5), com representantes do Sincomércio, Sincomerciários, Acib e Emdurb.

O colegiado é presidido pelo vereador Mané Losila (MDB) e tem Eduardo Borgo (PSL) como relator.

Outros parlamentares membros são Junior Rodrigues (PSD), Junior Lokadora (PP) e Pastor Bira (Podemos).

Também participou dos trabalhos da comissão de investigação, o advogado da OAB Bauru, Alessandro Biem, por videoconferência.

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bauru (Sincomerciários), Cilso José de Moraes, foi o primeiro a prestar esclarecimentos na ‘CEI da COVID-19’. Ele falou sobre a necessidade de vacinação. Cilso lembrou que, desde o início de 2020, o sindicato estendeu uma faixa pedindo vacina para os comerciários, comerciantes e todos aqueles que tiveram que continuar trabalhando. “A única solução que temos hoje é a vacinação”, pontuou.

Questionado por Borgo sobre os empregos no comércio, o presidente respondeu que mais de 1.200 postos de trabalho foram perdidos e 200 estabelecimentos comerciais fecharam as portas no município.

Cilso também falou sobre a lotação nos veículos de transporte público, e lamentou o fato de os trabalhadores precisarem enfrentar tal situação, principalmente durante a pandemia.

O segundo a ser ouvido foi o presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdurb), Luiz Carlos Valle. Ele exolicou que, entre fevereiro de 2020 e o mesmo mês de 2021, o número de passageiros atendidos caiu pela metade e, por isso, o número de veículos oferecidos foi reduzido. Entretanto, há 10 linhas com carros extras no horário de pico, sendo feitas medições constantes para manter o número adequado às necessidades.

Ressaltou que reuniões com o promotor de Justiça Henrique Veronez vêm sendo realizadas quase que semanalmente, desde abril deste ano. Valle informou que, em uma das reuniões, o promotor entendeu que não há necessidade de colocar toda a frota na rua. Pontuou também que o Ministério Público acompanha as denúncias de lotação no transporte público e que a empresa vêm procurando soluções.

O presidente do Sindicato do Comércio de Bauru e Região (Sincomércio), Wallace Sampaio, foi o terceiro a ser ouvido. “Sabemos que 70% do PIB de Bauru vêm do setor de comércio e serviços. Em 2020, o comércio ficou 96 dias fechado em Bauru. Muitas empresas fecharam, mesmo aguentando até o último centavo com a esperança de que voltassem a abrir”, disse. De acordo com Sampaio, mais de 2.000 empresas encerram as atividades durante a pandemia.

O último depoimento foi do presidente da Associação Comercial e Industrial de Bauru (Acib), Reinaldo Cafeo, que apontou a falta de abertura da prefeitura para ouvir a entidade. “Tentamos manter um diálogo com o executivo, mas virou monólogo”, disse referindo-se às decisões unilaterais do Executivo.

A segunda rodada de oitivas será na terça-feira (1°/6).

O relatório final da Comissão Especial de Inquérito (CEI) deve ser apresentado no dia 8 de julho, cumprindo o prazo 60 dias de trabalho.

Programação das oitivas da ‘CEI da COVID-19’

1º de junho

14h - Gustavo Bugalho, secretário municipal de Negócios Jurídicos (convocado)

15h - Antônio Carlos Garms, ex-secretário municipal de Negócios Jurídicos (convidado)

16h - Everson Demarchi, secretário municipal de Administração (convocado)

17h - Everton Basílio, secretário municipal de Economia e Finanças (convocado)

8 de junho

14h - Charlles Rodrigo, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (convocado)

15h - Ana Cristina Salles, secretária municipal do Bem-Estar Social (convocado)

16h - José Carlos Fernandes, ex-secretário municipal do Bem-Estar Social (convidado)

17h - Letícia Rocco Kirchner, ex-secretária municipal de Planejamento (convidada)

15 de junho

14h - Representante do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem e Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Bauru e Região (convidado)

15h - Representante da Fundação Estatal Regional de Saúde da Região de Bauru – Fersb (convocada)

16h - Representante do Conselho Municipal de Saúde de Bauru (convidado)

17h - Representante da Associação Paulista de Medicina – APM (convidado)

22 de junho

14h - Orlando Costa Dias, secretário Municipal de Saúde; Alana Trabulsi Burgo, diretora do Departamento de Urgência e Unidades de Pronto Atendimento; Ezequiel Santos, diretor do Departamento de Saúde Coletiva (DSC) e os servidores da Secretaria de Saúde, Mário Ramos e Luiz Ricardo Cortez (convocados)

16h - Sérgio Henrique Antonio, ex-secretário municipal de Saúde (convocado – servidor público municipal)

29 de junho

14h - Suéllen Rosim, prefeita municipal de Bauru (gestão 2021-2024) (convidada)

16h - Clodoaldo Armando Gazzetta, ex-prefeito municipal de Bauru (gestão 2017-2020) (convidado)