Biblioteca Móvel Quinto Elemento recebe Moção de Aplauso da Câmara

12/12/2016 – Por indicação do vereador Roque Ferreira, a Câmara Municipal homenageou com Moção de Aplauso à Biblioteca Móvel Quinto Elemento pelo seu trabalho de difusão cultural e facilitação do acesso à literatura pela cidade de Bauru. O projeto cultural “Biblioteca Móvel Quinto Elemento” surgiu no ano de 2014. Seu nome é uma alusão à cultura do HIP-HOP, cuja origem, nos anos de 1970, é formado por quatro elementos fundamentais, que são o ‘BREAK’, que representa o corpo através da dança; O ‘MC’, que representa a consciência, o cérebro; o ‘DJ’, que representa a alma, essência e raiz; e o 'GRAFITE' que representa a expressão da arte, o meio de comunicação. O conhecimento, seria o “Quinto Elemento da cultura HIP-HOP”, aqui manifestado na difusão do saber através da propagação dos livros. A Biblioteca Móvel é um coletivo que visa arrecadar livros para fazer com que o conhecimento transite com mais facilidade pelos bairros periféricos, por meio de bancas de livros montadas em praças, ruas, locais públicos de grande circulação de pessoas ou em eventos ligados ao movimento HIP-HOP, à cultura negra e outros eventos de caráter popular. E, através dessa aproximação, o coletivo espera que o conhecimento já existente nas comunidades se solidifique com base no prazer de ler e conhecer. Desde o início do projeto, milhares de livros já foram arrecadados, doados, emprestados, trocados e difundidos nos mais diversos locais da cidade. Por seu trabalho, a Quinto Elemento já foi contemplada com o Prêmio Luiza Mahin, do Conselho Municipal da Comunidade Negra, no ano de 2015 e em 2016 foi selecionado pela Lei Municipal de Estimulo à Cultura. Nivaldo José – Assessoria de Imprensa

Seu nome é uma alusão à cultura do HIP-HOP, cuja origem, nos anos de 1970, é formado por quatro elementos fundamentais, que são o ‘BREAK’, que representa o corpo através da dança; O ‘MC’, que representa a consciência, o cérebro; o ‘DJ’, que representa a alma, essência e raiz; e o 'GRAFITE' que representa a expressão da arte, o meio de comunicação.

O conhecimento, seria o “Quinto Elemento da cultura HIP-HOP”, aqui manifestado na difusão do saber através da propagação dos livros. A Biblioteca Móvel é um coletivo que visa arrecadar livros para fazer com que o conhecimento transite com mais facilidade pelos bairros periféricos, por meio de bancas de livros montadas em praças, ruas, locais públicos de grande circulação de pessoas ou em eventos ligados ao movimento HIP-HOP, à cultura negra e outros eventos de caráter popular.

E, através dessa aproximação, o coletivo espera que o conhecimento já existente nas comunidades se solidifique com base no prazer de ler e conhecer. Desde o início do projeto, milhares de livros já foram arrecadados, doados, emprestados, trocados e difundidos nos mais diversos locais da cidade.

Por seu trabalho, a Quinto Elemento já foi contemplada com o Prêmio Luiza Mahin, do Conselho Municipal da Comunidade Negra, no ano de 2015 e em 2016 foi selecionado pela Lei Municipal de Estimulo à Cultura.

Nivaldo José – Assessoria de Imprensa