Audiência Pública debate o Orçamento Estadual de 2022 para a região de Bauru

- Assessoria de Imprensa

Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) conduz os trabalhos

A Câmara Municipal de Bauru recebe, nesta sexta-feira (10/9), às 10h, no Plenário “Benedito Moreira Pinto”, Audiência Pública para o Orçamento de São Paulo em 2022, ouvindo as demandas dos munícipes da região administrativa de Bauru. A iniciativa é da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento (Cfop) da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O encontro ocorre em sistema híbrido no Plenário da Câmara, de forma presencial e em ambiente virtual.

A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento (Cfop) da Alesp já realizou 10 audiências, que tiveram início no dia 13 de agosto. O colegiado é presidido pelo deputado estadual Gilmaci Santos (Republicanos).

Serão realizadas ainda outras 17 audiências até o dia 14 de outubro. As sugestões e demandas apresentadas são coletadas pela comissão e podem se tornar emendas e fazer parte do Orçamento de 2022. Para o próximo ano, o governo do Estado estima uma receita de R$ 245,5 bilhões e despesas de R$ 228,5 bilhões.

O objetivo é ouvir as demandas da comunidade da Região Administrativa (RA) de Bauru para recolher sugestões, ideias e propostas que possam aprimorar a aplicação dos recursos paulistas. Fazem parte da RA Bauru as cidades de Agudos, Arealva, Avaí, Balbinos, Bariri, Barra Bonita, Bauru, Bocaina, Boraceia, Borebi, Cabrália Paulista, Cafelândia, Dois Córregos, Duartina, Getulina, Guaiçara, Guaimbê, Guarantã, Iacanga, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapuí, Jaú, Lençóis Paulista, Lins, Lucianópolis, Macatuba, Mineiros do Tietê, Paulistânia, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga, Pongaí, Presidente Alves, Promissão, Reginópolis, Sabino, Ubirajara e Uru.

Participação

A Câmara de Bauru permanece com acesso limitado ao plenário “Benedito Moreira Pinto”, conforme a Portaria 153/2021. Durante os trabalhos legislativos é permitida a presença de no máximo 15 munícipes, a fim de manter-se os protocolos sanitários durante a pandemia e evitar-se contágio e transmissão do vírus no âmbito do Poder Legislativo.

Para participar de forma on-line, apresentando demandas e sugestões, basta se inscrever pelo portal da Alesp. Já para a participação de forma presencial, é preciso ir até o local da audiência e, caso queira se pronunciar, fazer uma inscrição.

Quem quiser participar on-line com demandas e sugestões deverá se inscrever no site da Assembleia (www.al.sp.gov.br), no ícone “Audiências Públicas do Orçamento”, e seguir as orientações. Os munícipes também poderão participar enviando sugestões e demandas sobre o Orçamento do Estado pelo WhatsApp, no número (11) 93404-9001, ou por e-mail (cfop@al.sp.gov.br). Todos deverão se identificar com nome completo, instituição que representam ou cidade e bairro onde moram.

Quem não puder participar da audiência pode registrar sua contribuição, clicando aqui.

Ao Vivo

As discussões serão transmitidas ao vivo pela Rede Alesp na TV e no Youtube, e também no Facebook da Assembleia. A TV Câmara Bauru também transmitirá o encontro ao vivo nos canais 10 Claro/NET e 31.3 UHF Digital, no YouTube e no Portal da Casa de Leis.